por Telma Moura.

domingo, 8 de maio de 2011

Verdadeiro Sentido

O mundo anda ao avesso
tornando confusas as coisas que conheço
largando pelo meio do caminho a fé, a esperança
e deixando o desespero.

As palavras andam apagadas,
pois, nas estantes o livros e as histórias
permanecem intocadas.

Esqueci parte da lembrança
onde guardei meus sonhos e, por muito tempo,
adormeci e não tive pressa de acordar.


Perdi algum tempo,um longo tempo, tentando me lembrar
aonde é que foram parar todas as coisas que me moviam,
que me faziam caminhar, sorrir, tocavam a alma.
sequer tive tempo de despedir-me delas.

Hoje escrevo incessantemente.
Quero encontrar
talvez no meio dessas linhas tecidas de sentimentos confusos,
o verdadeiro sentido imbutido no enigmático dom de viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário