por Telma Moura.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

O breve

Nela os meus olhos repousam
Mansos, serenos, atônitos,
Por ela e com ela estão
O calor do seu corpo
Invadindo o silêncio
Das paredes brancas desse momento
O som, o atrito e o paladar
Onde os gostos se misturam
O som do movimento ocupa o vazio,
O cheiro ocupa o breve,
O instante ocupa o espaço de te imaginar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário